Notícias

Alunos de Vitória encerram TJC com muita criatividade

 

Alunos de Vitória encerram TJC com muita criatividade

 

 

Apresentações musicais, peças de teatro, desenho animado e exposição de trabalhos artísticos marcaram o encerramento do ciclo 2012 do programa Trabalho, Justiça e Cidadania (TJC) na Escola Municipal Adelvani Sysesmundo Ferreira de Azevedo (EMEF ASFA), em Jardim Camburi, Vitória. A culminância, última fase do projeto, foi realizada na noite desta terça-feira (20/11) e contou com a participação de alunos e professores do Ensino de Jovens e Adultos (EJA).

As apresentações foram feitas no auditório do colégio. Na platéia, além de professores, colegas e parentes, estavam representantes do Tribunal Regional do Trabalho do Espírito Santo (TRT-ES), da Associação dos Magistrados do Trabalho (Amatra 17) e do Ministério Público do Trabalho (MPT-ES). A secretária municipal de Educação, Vânia Carvalho de Araújo

, também foi acompanhar o resultado de seis meses de atividades do TJC na escola.

 

Os assuntos abordados durante o desenvolvimento do projeto, como direitos do trabalhador, da criança e do adolescente; cidadania; ética e direitos humanos, dentre outros, viraram temas de peças de teatro escritas, dirigidas e encenadas pelos próprios estudantes com orientação dos professores. Em Menor Brasil , eles mostraram o drama dos menores de rua e falaram sobre os direitos da criança e do adolescente que devem ser respeitados por toda a sociedade.

A conhecida fábula de Esopo, A Cigarra e a Formiga, foi utilizada para mostrar a importância do trabalho na vida de cada um de nós. A história ganhou versões em quadrinhos,  desenho animado e peça teatral. Os alunos também cantaram e tocaram músicas de Luiz Gonzaga (Asa Branca) e Chico César (Mamma Africa).

 

Sorteios e brindes

Durante o evento, a pedagoga do colégio Maria da Penha Azevedo Silva e a juíza do Trabalho Silvana do Egito Balbi, supervisora do programa no Espírito Santo, sortearam vale-livros e entregaram brindes do TJC aos alunos e professores. Cada participante do projeto, como a aluna do conclusivo Vancerléia Condessa, ganhou uma medalha, bloco, caneta e um exemplar da Constituição Federal.

Houve também homenagens aos parceiros e apoiadores do projeto. A escola recebeu um troféu pela participação no programa, entregue pelo presidente da Amatra 17,juiz Adib Pereira Salim

, à diretora Indiomara Machado Sant’Anna. A des. Ana Paula Tauceda entregou uma placa à procuradora Maria de Lourdes Hora Rocha em agradecimento à parceria do MPT-ES. A outra homenageada foi a empresa ArcelorMittal, que presta apoio institucional ao TJC.

Também compareceram ao evento os juízes Ney Álvares Pimenta Filho, Rosaly Stange Azevedo, Cássio Ariel Moro e Fábio Bonisson Paixão, que passa a integrar a equipe de coordenadores regionais do programa Trabalho, Justiça e Cidadania.

 

Projeto começou há seis meses

 

As atividades do TJC na Escola Municipal Adelvani Sysesmundo Ferreira de Azevedo tiveram início em maio deste ano. “O programa trouxe mais vida para a escola, os estudantes se empenharam bastante, com certeza essa experiência terá repercussão na vida de muitos deles”, disse a diretora, Indiomara Sant´anna

 

O programa Trabalho, Justiça e Cidadania é desenvolvido em três fases. A primeira é um curso de formação para professores, ministrado por juízes, membros do Ministério Público, advogados, servidores e voluntários, sobre diversos temas relacionados a direito e cidadania.

 

 

 

Na segunda fase, os professores atuam como multiplicadores, elaborando um projeto pedagógico para ser aplicado em sala de aula. Na terceira fase do projeto, denominada culminância, os alunos apresentam trabalhos artísticos a partir dos conhecimentos adquiridos. Os estudantes recebem gratuitamente todo o material de apoio ao aprendizado, como cartilhas e guias de assistência jurídica.

 

Projeto nacional

 

O programa Trabalho, Justiça e Cidadania é uma iniciativa da Associação Nacional dos Magistrados do Trabalho (Anamatra) e vem sendo desenvolvido aqui no Espírito Santo pelo TRT-ES em parceria com a Amatra 17 e Ministério Público do Trabalho (MPT-ES), com apoio institucional da empresa ArcelorMittal.

 

 

 

No dia 6 de dezembro, às 8h, será realizada a culminância na Escola Municipal Saturnino Rangel Mauro, no bairro Vila Batista, em Vila Velha. Será a vez de os alunos dos 8º e 9º anos mostrarem ao público o que aprenderam sobre Trabalho, Justiça e Cidadania.

 

 

Fonte: www.trtes.jus.br